• Elis Busanello

COMO FAZER MAIS

Estamos todos no labirinto.


Mas nem todos estão procurando a saída.


Os que esperam para serem tirados dali, se tornam parte do problema.


Provavelmente você conhece pessoas pessimistas, que reclamam, criticam e esperam que os outros resolvam. Fazem o mínimo e usam o tempo em coisas improdutivas.


E por que elas isto acontece? Porque elas podem até ter conhecimentos técnicos, mas elas não tem valores de equipe, de contribuição, de coletividade, de auto-responsabilidade e de gratidão pela oportunidade.


Pessoas assim usurpam a vaga de outras, economizam esforço e custam caro para as organizações.


Por outro lado, nesta hora de tanto desafio, algumas pessoas estão dando de si para ajudar a encontrar soluções, preservar os empregos, criar novas oportunidades, economizar e garantir a sustentabilidade da empresa.


Os líderes tem o desafio de separar o joio do trigo.


Para reconhecer e diferenciar os profissionais, observe:


1. Quais os comportamentos deles nos momentos de pressão;


2. O que entregam e fazem a mais, além das suas rotinas;


3. Quais as sugestões e caminhos diferentes que estão apontando;


4. São exemplos para os demais? Em que eles são referência?


A partir desta leitura e identificação de quem está engajado e contribui realmente, os líderes podem incentivar, dar mais espaço, valorizar o empenho e colocar na lista master, para futura promoção.


Esta clareza vai levar trazer satisfação para os verdadeiramente empenhados, mais comprometimento, reconhecimento da liderança, fortalecimento da equipe e sustentabilidade da empresa.


O resultado será sucesso com felicidade, criando a prosperidade coletiva que os bons querem e merecem compartilhar!




0 visualização

NOSSOS CLIENTES

© Elis Busanello 2019. Todos os diretos reservados