AUTOESTIMA

A autoestima está intimamente ligada à autoaceitação. Pessoas inseguras tem medo de errar, se expoem menos e não reconhecem seus potenciais. Estes são comportamentos de pessoas com baixa autoestima: - Atribuem aos outros os problemas e erros; - Tem dificuldade de reconhecer suas limitações, se dizem tímidos em excesso; - São carentes e tem medo da rejeição; precisam de elogios e reconhecimento externo; - Não tem #confiança em si mesmo; - Procrastinam; - São preguiçosas; - Se comparam aos outros; - São muito competitivas; - Sofrem muito quando criticadas; - Se consideram incapazes; - Se inferiorizam nos comentários; - Defendem o próprioo #perfeccionismo; - Não reconhecem suas #vitórias e #conquistas.

Provavelmente você conhece alguém que parece ter tudo para se gostar, mas ainda assim, tem baixa autoestima, aceita migalhas de atenção e as vezes se submete até a maus tratos. Talvez isto já tenha acontecido com você em alguma relação tóxica ou num período de carência seu. Ou pode ser que pessoas menos preparadas tenham melhores resultados na empresa, porque elas se posicionam diferente.

As atitudes que seguem criam um background para o desenvolvimento da autoestima: - Dedique-se a expandir o seu autoconhecimento; - Faça hoje melhor do fez ontem; - Alivie a cobrança sobre si mesma; - Foque nos seus pontos positivos e coloque suas habilidades em ação; - Relembre, valorize e celebre suas conquistas; - Trabalhe suas crenças, principalmente as #crenças de capacidade.

Cada vez que você se dedica a algo e melhora os seus #resultados, sua autoapreciação também melhora. E assim você vai consolidando uma #autoestima cada vez mais elevada e congruente.




0 visualização

NOSSOS CLIENTES

© Elis Busanello 2019. Todos os diretos reservados