• Elis Busanello

Palestra Motivacional, sim.


Gestor e/ou profissional de RH, o assunto aqui é como influenciar (turbinar) pessoas através de palestras motivacionais.

Você já deve ter ouvido críticas sobre palestras motivacionais. Ou você mesmo já esteve em situação difícil porque contratou ou recomendou uma palestra que não rolou como o esperado. Provavelmente você fica entre a cruz e a espada quando tem que tomar uma decisão e contratar uma palestra para a sua empresa. Talvez você queira evitar de errar e ser criticado. E você tem toda a razão!

E tudo isto acontece porque você quer entregar o melhor e não encontra palestrante que lhe garanta isto.

Por isto resolvi mostrar a minha fórmula de palestra que impacta favoravelmente as pessoas. Para entregar resultado positivo, o palestrante deve ter:

Congruência – Para falar de superação, o palestrante tem que ter um patrimônio de vida que inclui enfrentar, explodir e saltar barreiras, aprender a mudar e, mudar de verdade. Ele tem que ser exemplo. Palestrante que conta história dos outros, que leu nos livros e viu nos filmes, não funciona.

Entusiasmo – Aquele lance de “ter Deus dentro de si” conforme a origem a palavra, tem que ser real para conectar tanto os cristãos quanto os ateus. Não se trata de fazer graça e provocar risos, se trata de despertar o entusiasmo, o Deus interno das pessoas que estão assistindo.

Empatia – A mensagem tem que gerar identificação. Cases do Mc Donald e da Apple fazem sentido se estão alinhados com os propósitos do negócio e do público. O palestrante tem que ter empatia, “chegar junto” e “falar a mesma língua”, para poder apontar o norte e as novas possibilidades.

Foco em resultados – Tempo é dinheiro e o investimento na palestra se justifica se o palestrante mostrar soluções que levem a resultados. A pegada tem que ser firme e quem assiste tem que sair convencido da sua responsabilidade para criar resultados, como único caminho alinhado com a felicidade.

Foco na mudança – O valor da palestra está em provocar as mudanças de mindset, de atitudes, escolhas de novos hábitos, desejo de transformação e comprometimento em protagonizar o sucesso pessoal e profissional, com visão e gosto pela prosperidade coletiva.




Se você concorda com estes pontos então vai concordar comigo que uma palestra que inclui estes pontos é sim motivacional porque inspira a novas atitudes e compromete com as mudanças. E isto é o que eu faço acontecer.

Seguindo este script, eu vejo o seu sucesso como gestor e/ou profissional de RH, que escolhe um palestrante que transforma o tempo de uma palestra no investimento mais poderoso da sua empresa, levando as pessoas ao ápice da paixão pela vida e pelas oportunidades.

Vamos conversar sobre uma sUPer palestra na sua empresa?

Elis Busanello Palestrante

0 visualização

© Elis Busanello 2019. Todos os diretos reservados